Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

(42)9993-1510

Tempo Agora
No Ar
Maquina do Tempo com AO VIVO
Enquete
NESSE UM ANO DE WEB RADIO PINARÉ QUE NOTA VOCÊ DAR PRA NOSSA RADIO?

 1
 3
 5
 8
 10

Publicidade Lateral
Top Música
1
MANTENDO DISTACIA - Naiara Azevedo
MANTENDO DISTACIA
Naiara Azevedo
2
SEM CONTRAINDICAÇÃO - DIEGO E VICTOR HUGO (part)BRUNO E MARRONE
SEM CONTRAINDICAÇÃO
DIEGO E VICTOR HUGO (part)BRUNO E MARRONE
3
A CHAVE COPIA - FELIPE ARAUJO (part) JORGE E MATEUS
A CHAVE COPIA
FELIPE ARAUJO (part) JORGE E MATEUS
4
BALDIM DE GELO - CLAUDIA LEITE
BALDIM DE GELO
CLAUDIA LEITE
5
SEXTO SENTIDO - PAULA MATTOS (part) MAIARA E MARAISA
SEXTO SENTIDO
PAULA MATTOS (part) MAIARA E MARAISA
Estatísticas
Visitas: 363731 Usuários Online: 50


Brasil

Publicada em 10/12/17 às 23:40h - 13 visualizações
Sérgio Moro manda desbloquear dinheiro da aposentadoria do ex-presidente Lula
Juiz tinha mandado bloquear as contas do ex-presidente depois de condená-lo no processo do triplex em Guarujá.

Web Radio Pinare


 (Foto: Web Radio Pinare)

O juiz federal Sérgio Moro determinou nesta quinta-feira (7) que sejam desbloqueados R$ 63.702,54. A quantia pertence ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com o juiz, a defesa comprovou que o dinheiro era proveniente da aposentadoria do petista.

O dinheiro tinha sido bloqueado a mando de Moro, depois que ele condenou o ex-presidente a nove anos e meio de prisão, por ter recebido um apartamento triplex em Guarujá, no litoral paulista. Segundo a sentença, o imóvel serviu como pagamento de propina da OAS a Lula.

Além desse dinheiro, Moro também tinha determinado o bloqueio de fundos de previdência e contas bancárias, que somam mais de R$ 9 milhões. A defesa de Lula também tinha pedido ao juiz que liberasse parte desse dinheiro, alegando que metade dele pertence ao espólio da ex-primeira-dama Marisa Letícia, morta no começo deste ano.

No despacho em que determinou o desbloqueio da aposentadoria, Moro disse que não era possível liberar também o dinheiro dos fundos de previdência. Para o juiz, a defesa precisa ainda comprovar que a origem desse dinheiro é lícita. Além disso, o magistrado considera que a defesa de Lula não deve buscar a liberação de ativos que não lhe pertencem diretamente.

"Não cabe levantamento automático do bloqueio com base no mero argumento da meação do cônjuge. Um, porque a Defesa de Luiz Inácio Lula da Silva é parte ilegítima para reclamar contra a constrição da meação do cônjuge. Dois, porque sem a demonstração, nessa fase anterior ao julgamento, da origem lícita dos ativos bloqueados, de quase dez milhões de reais, inviável reconhecer direito à meação", diz o juiz no despacho.

O juiz ainda concedeu à defesa de Lula mais 10 dias de prazo para que seja comprovada a origem lícita dos depósitos que foram feitos nos fundos de previdência. Depois da apresentação das razões, o juiz vai decidir se libera ou não a quantia.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
RÁDIOS BR

Baixe nosso Aplicativo WEB RÁDIO PINARÉ
Copyright (c) 2018 - Web Radio Pinare - Todos os direitos reservados