(42)9993-1510

NO AR

Experiencia de Deus

Com AO VIVO

Brasil

Sobe número de cidades atingidas pelo temporal no Rio Grande do Sul

Publicada em 03/10/17 as 16:40h por Web Radio Pinare - 110 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Web Radio Pinare)
A Defesa Civil lista 50 municípios do Rio Grande do Sul atingidos de alguma forma pelo temporal de domingo (1). O boletim atualizado foi divulgado na manhã desta terça-feira (3). Na tarde de segunda (2) eram 35. Além de destelhamentos e quedas de árvores e postes, foram registradas duas mortes.

Além de novas cidades no levantamento, também foram identificados mais problemas em alguns municípios. Em Júlio de Castilhos, por exemplo, haviam sido contabilizadas até segunda-feira 50 casas destelhadas. Nesta terça já são 308.

O município de Lagoão, que passou a integrar a lista, teve 280 residências destelhadas. O mesmo ocorre com Salto do Jacuí, com 255 destelhamentos, sendo 240 casas, 7 posto de saúde e 8 escolas.


Até o momento, conforme a Defesa Civil, a cidade de Montenegro foi a única que decretou situação de emergência. O decreto precisa ser homologado pelos governos estadual e federal para que a cidade receba benefícios para reconstrução.

Em Porto Alegre, a tempestade foi a pior desde 29 de janeiro de 2016, quando a cidade sofreu diversos estragos. Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a velocidade do vento na capital chegou a 116,3 km/h. Cinco pessoas ficaram feridas no temporal.


Cinco pessoas ficaram feridas, sem gravidade, no desabamento da lona de um circo nas imediações do Estádio Beira-Rio, na Zona Sul. Um concerto da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) foi interrompido e diversos materiais foram danificados. O prejuízo estimado é de R$ 200 mil.

Além disso, o teto do ginásio da Brigada Militar desabou com a força dos ventos, na Avenida Ipiranga. A reconstrução da estrutura deve custar R$ 950 mil, sem a mão de obra. A informação é do laudo preliminar elaborado por um engenheiro da corporação, que apontou também que 50% do telhado do prédio, localizado na esquina com a Silva Só, foi danificado.

As mortes ocorreram em Santo Augusto, onde um homem que trafegava pela ERS-122 foi atingido por uma árvore que caiu sobre o carro dele. E em Sapiranga, onde uma mulher morreu ao ser atingida por um fio de telefonia de um poste que foi derrubado. Ela passava pelo local de moto com o marido, que não se feriu.

Outro transtorno causado pelo mau tempo foi a falta de energia elétrica em diversas regiões. Após o temporal, o número de clientes sem luz chegou a mais de 220 mil. Nesta terça (3), conforme atualização das concessionárias, são 94,5 mil afetados: 56 mil da RGE Sul, 37 mil da RGE e 1,5 mil da CEEE.

A Defesa Civil diz que segue acompanhando as Coordenadorias Regionais em conjunto com os municípios para oferecer ajuda. O telefone para pedidos de auxílio é 199.


Cidades com danos pelo temporal

Santo Augusto: 1 óbito.

Sapiranga: 1 óbito, destelhamento (17 residências).

Porto Alegre: 5 pessoas feridas, destelhamento (atualizando informação) ( 40 famílias) ( 50 famílias nas ilhas).

Júlio de Castilhos: destelhamento (308 residências).

Ijuí: destelhamento (300 residências) , queda de árvores.

Montenegro: destelhamento (300 residências, 3 postos de saúde, 3 escolas). Decretou situação de emergência.

Cruz Alta: destelhamento (300 residências, 23 escolas).

Lagoão: destelhamento (280 residências).

Salto do Jacuí: destelhamento (240 residências, 7 postos de saúde e 8 escolas).

Capão do Cipó: destelhamento (200 residências).

Triunfo: destelhamento (200 residências).

Panambi: destelhamento (115 residências, 3 prédios comercias, 3 prédios de ensino, 1 templo religioso, 1 prédio de uma ONG).

Tupanciretã: destelhamento (100 residências).

Venâncio Aires: destelhamento (94 residências).

Santa Cruz do Sul: dano na estrutura no parque da Oktobertfest, queda de árvores, danos diversos em 85 residências e 2 escolas.

São Leopoldo: destelhamento (60 residências).

Tenente Portela: destelhamento (42 residências).

Santo Ângelo: destelhamento (40 residências).

Eldorado do Sul: destelhamento (40 residências).

Viamão: destelhamento (32 residências).

Caiçara: destelhamento (32 residências).

Soledade: destelhamento (30 residências, 1 escola).

Bom Retiro do Sul: destelhamento (22 residências).

São Sebastião do Caí: destelhamento (20 residências).

Estância Velha: destelhamento (20 residências).

Lajeado: destelhamento (18 residências).

Ernestina: destelhamento (18 residências).

Portão: destelhamento (14 residências).

Barra do Guarita: destelhamento (12 residências, 1 destruída por queda de árvore).

Bossoroca: destelhamento (10 residências).

Crissiumal: destelhamento (10 residências, 6 galpões).

Travesseiro: destelhamento 9 residências, 3 prédios, 1 creche pública, 1 clube, 8 aviários, 2 estufas, 10 galpões).

São Jerônimo: destelhamento (8 residências).

Canudos do Vale: destelhamento (6 residências).

Charqueadas: destelhamento (6 Unidades habitacionais e danos estruturais).

Ametista do Sul: destelhamento (6 residências, 3 estufas).

Harmonia: destelhamento (4 residências).

Sarandi: destelhamento (4 residências).

Bagé: destelhamento (3 residências), 1 família desalojada.

Mato Queimado: destelhamento (3 residências).

Alegria: destelhamento (3 residências).

Arroio do Meio: destelhamento (2 residências).

Campina das Missões: destelhamento (2 residências).

São Pedro do Butiá: destelhamento (2 residências).

Três Coroa: destelhamento (2 residências).

Uruguaiana: destelhamento (1 residência), 1 família desalojada.

São Pedro da Serra: destelhamento (1 residência), 1 família desalojada.

Jaquirana: destelhamento (1 residência).

Cristal do Sul: destelhamento (1 residência).

Santa Rosa: destelhamento (1 escola).






Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Enquete
Qual é o maior problema do Brasil?

 Os políticos?
 O povo?
 As leis?







.

LIGUE E PARTICIPE

Visitas: 450704
Usuários Online: 40
Copyright (c) 2018 - Web Rádio Pinaré- Cruz Machado Paraná - Baixe nosso Aplicativo WEB RÁDIO PINARÉ